10 Drogas que pode matá-lo em minutos

10. Cristal Meta

10

Conhecido como metanfetaminas, cristal meta é uma droga extremamente viciante que afeta o sistema nervoso central humano. Ela vem em pedaços cristalinos ou pedras azuis e brancas brilhantes, normalmente é fumada ou injetada. Exibida pela série de sucesso Breaking Bad, esta droga é perigosa, porque os seres humanos podem construir uma tolerância a ela rapidamente. Quando os usuários não podem mais sentir a seus efceitos, eles tomam uma dose maior que pode matá-los imediatamente. A metanfetamina provoca um alto aumento da temperatura do corpo.

9. MDMA

9

MDMA é uma forma pura de êxtase que é frequentemente vista como uma droga para festas. É ao mesmo tempo um estimulante e um calmante e é mais freqüentemente tomada como uma pílula, embora também pode ser aspirada. É popular em ambientes sociais, porque faz o usuário se sentir confortável, mais perto das pessoas ao seu redor e energizado para dançar a noite toda. O perigo associado com o uso de MDMA é que ele pode aumentar a taxa cardíaca e pressão arterial do seu utilizador a ponto de causar uma insuficiência cardíaca. Alternativamente, também afeta capacidades diuréticas dos rins e pode provocar uma sobrecarga de fluido no corpo do utilizador, levando a morte. No entanto, a causa típica da morte por overdose de êxtase é o sobreaquecimento do corpo.

8. A Cetamina

8

A cetamina é uma substância anestésica usada em seres humanos e animais, que chegou no mercado de drogas recreativas. Ela está disponível em um formato claro líquido para beber / ou injetar, em um pó esbranquiçado inalar. como resultado a drogas causam poderosas experiências alucinógenas, tornando-se popular entre festeiros, como uma ferramenta de estupro. A Cetamina pode causar e desmaios, overdoses, e pode causar insuficiência respiratória e cardíaca, levando o usuário a morte em questão de minutos.

7. Metadona

7

A metadona é normalmente dada a viciados  por um médico para ajudar a aliviar os sintomas de abstinência de drogas como a heroína e, eventualmente, eliminar o vício completamente. metadona de rua é o termo para a metadona que não é supervisionada por médicos e é vendido ilegalmente. Quando dada aos viciados, ela simplesmente pára de seus sintomas de abstinência e que lhes permite agir normalmente. No entanto, torna-se muito tóxica se for dada propositalmente ou acidentalmente para não-viciados. Ao contrário de outros fármacos da categoria, leva horas para sentir os seus efeitos, levando os usuários a pensar que não está funcionando e tomando assim uma dose fatal. A Metadona se torna mais perigosa quando combinada com o álcool ou outras drogas.

6. A cocaína

6

A cocaína é uma droga estimulante poderosa feita a partir das folhas da coca, uma planta nativa de na América do Sul. Ela fornece seu usuário com euforia a curto prazo, fazendo com que sua energia, freqüência cardíaca e pressão arterial aumentem muito rapidamente. Essa droga pode ser fumada, inalada ou injetada e produz um efeito rápido, levando a maioria dos usuários a administrá-la. Ela afeta o sistema de dopamina e os viciados têm que tomar mais e mais dela para sentir seus efeitos após cada utilização. Uma overdose pode matá-lo em questão de minutos, causando parada cardíaca ou um acidente vascular cerebral.

5. Os opiáceos

5

O termo opiáceos é usado para drogas como codeína, morfina e Vicodin que são um parente próximo do ópio. Elas são legalmente utilizadas por médicos para tratar a dor, mas são altamente viciantes e se tornaram popular como drogas de rua. Opiáceos fazem com que o usuário experimente uma sensação de euforia, viciados na sensação tomam doses cada vez mais altas à medida que desenvolvem uma tolerância para os comprimidos ao longo do tempo. Os opiáceos são a principal causa de morte nos Estados Unidos (mais ainda do que acidentes de carro) e pode matar um usuário em minutos, causando insuficiência respiratória e cardíaca.

4. A heroína

4

Heroína é derivada da morfina e é uma das drogas das drogas populares que causam dependência. Ela vem em todos em várias formas, mas seu resultado final permanece o mesmo: os usuários não têm ideia de como ela é poderosa e não há maneira de prever como pode matá-lo. Como os usuários adquirem tolerância a ela de forma rápida, eles tomam doses cada vez maiores. Heroína comprime as partes do cérebro que controlam a respiração, temperatura, pressão arterial e dependendo da dose pode matar o usuário em minutos – especialmente quando combinada com álcool.

3. Krokodil

3

Krokodil é uma droga de rua muito perigoso, que é derivada da morfina e tem um poderoso sedativo e propriedades de alívio da dor. Originalmente desenvolvida por cientistas na Suíça, ela encontrou o seu caminho para o mercado negro devido ao fato de oferecer aos usuários uma alternativa mais barata, como ela pode ser facilmente sintetizada em casa. Quando injetada a droga pode causar infecções de pele,  necroses, ulcerações e gangrena. Embora o seu efeito sobre a pele vai matar os utilizadores dentro de anos, o potencial  de envenenamento do sangue e de insuficiência cardíaca pode ser fatal em poucos minutos.

2. LSD

2

Comumente conhecida como ácido, é uma poderosa droga alucinógena fabricada a partir de um fungo encontrado crescendo em centeio e outros grãos. A droga vem qualquer cristalizada, em comprimido ou líquido e provoca oscilações extremas de humor, alucinações, aumento da temperatura corporal e da freqüência cardíaca. O maior perigo com esta droga é a deformação da percepção do utilizador de tempo e profundidade, juntamente com emoções extremas, tais como pânico e agressão provocada pelas alucinações. Danos pessoais ou comportamento imprudente é muitas vezes a causa a da morte. Altas doses podem ser fatas, causando insuficiência cardíaca e respiratória.

1. A escopolamina

1

Conhecida como “Respiração do diabo,” A escopolamina é amplamente conhecida como droga mais assustadora do mundo. Ela vem da descendência de uma família de plantas da Colômbia, que incluem trombetas do anjo e cortiça. A escopolamina bloqueia os neurotransmissores que carregam a informação da memória de curto prazo para o cérebro, em outras palavras ela hipnotiza o usuário sem que ele perceba, deixando-o sem vontade própria e vulnerável a qualquer tipo de sugestão, deixando-as vulneráveis à estupros, roubos e outras maldades. A vítima pode acordar horas ou dias depois de ter ingerido sem ter absolutamente nenhuma lembrança sobre o que foi feito. Por esta razão, lesão corporal de si mesmo é o maior risco com  a escopolamina e  em casos raros, pode causar convulsões.

Fonte: Therichest

 



0 Comentário(s)

Deixe seu comentário